Por que usar o Óleo para Têmpera Sintético no tratamento do térmico do aço?

O uso de óleo para têmpera sintético à base de polímeros vem crescendo ao longo dos anos nas unidades de tratamento térmico do aço, tornado-se gradativamente cada vez mais viável em substituição ao óleo mineral para têmpera. Apesar do lubrificante à base de polímeros ainda apresentar um custo superior, a sua utilização se torna cada vez mais viável,  pois ele fornece vantagens em relação ao óleo para têmpera mineral como desempenho superior, flexibilidade de processo,  menor toxidade, além de ser menos inflamável e possuir uma boa biodegradabilidade.

Cabe esclarecer que o desempenho do óleo de têmpera a base de solução de polímeros depende da temperatura do banho, da concentração e da agitação. O óleo para têmpera sintético não pode substituir diretamente o óleo mineral para têmpera. É necessário que sejam feitas adaptações no tanque para melhorar as condições de agitação e controle de temperatura do banho.

A tendência de médio prazo é que a utilização do óleo para têmpera sintético tenha a sua participação no mercado aumentada, notadamente pela necessidade das empresas cumprirem as regulamentações governamentais com relação às Normas Trabalhistas e Ambientais. Um óleo para têmpera que não gere problemas ambientais e não seja agressivo à epiderme do operador, é o lubrificante que deverá ser utilizado em um breve futuro em todas as operações de tratamento térmico de metais.

Vantagens do uso do Óleo para Têmpera Sintético

Atualmente o óleo mineral para têmpera vem sendo o fluído mais utilizado para a têmpera com óleo dos aços. Devido à crescente preocupação com problemas toxicológicos e de segurança do operador, somado às restrições ambientais referente ao descarte do lubrificante, a utilização de óleo térmico para tratamento de metal obtido de outras fontes, passou a ter relevante importância, somando-se os seguintes benefícios:

  • Óleo para têmpera sintético que gera uma melhora no processo de limpeza, como a eliminação da necessidade do uso de desengraxantes;
  • Apresenta um desempenho superior em comparação ao óleo mineral para têmpera;
  • Óleo de têmpera que gera um menor potencial de risco de incêndio;
  • O óleo para têmpera sintético forma um filme contínuo de polímero ao redor da peça, e à medida que o resfria, o filme colapsa, resultando em taxas de resfriamentos mais rápidas;
  • O processo de resfriamento de um metal banhado com o óleo para têmpera a base de polímero ocorre mais uniformemente;
  • É um óleo de têmpera que gera uma redução dos gradientes térmicos, que na comparação com um óleo mineral para têmpera, resulta na redução do aparecimento de trincas e fissuras no metal;
  • O óleo para a têmpera a base de polímero suporta melhor às variações de severidade da operação e das temperaturas;
  • Lubrificante que apresenta uma baixa formação de resíduo de carbono;
  • Óleo para têmpera que não apresenta toxidade; não gera fumaça ou odores durante o processo;
  • Óleo de têmpera perfeitamente adaptável aos diversos tipos de aços e morfologias da peças.

Normalmente o banho com o óleo mineral para têmpera pode ser feita sem agitação ou com uma agitação mínima. Uma das desvantagens do óleo para têmpera a base de polímeros, é a necessidade da adaptação do sistema de resfriamento, para que ocorra uma agitação contínua e adequada. Para a formação de um filme homogêneo sobre toda a peça, é necessário controlar a concentração do polímero e manter uma agitação uniforme no tanque de resfriamento.

Indicações de uso do Óleo para Têmpera Sintético

O óleo para têmpera sintético é um lubrificante formulado para dar a dureza necessária ao metal temperado, e possui um alto ponto de fulgor que evita que o produto carbonize facilmente e perca as suas propriedades de têmpera.

Saiba que a CADIUM possui em sua linha de lubrificantes um óleo para têmpera sintético. O NUBIRA SYNTH 230 é um óleo a base de polímeros que gera um alto desempenho e proporciona uma maior uniformidade na transferência do calor.

Se você está necessitando de mais informações e indicações de uso para o óleo para têmpera sintético, entre em contato com a CADIUM, que a nossa equipe de técnicos irá responder à sua consulta indicando o melhor produto para a sua operação de têmpera com óleo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *