Óleo Solúvel para Usinagem: aumentando a vida útil do lubrificante

Sabemos que a o óleo solúvel para usinagem devido à sua natureza química e condições de trabalho que é exposto, pode se deteriorar, causando perda de rendimento e até danos ao maquinário.

Um grande problema que o usuário do óleo solúvel para usinagem tem que conviver no seu dia a dia, é saber como preservar as características do lubrificante, aumentar a longevidade do seu uso.

A melhoria na formulação do óleo solúvel para usinagem tem contribuído muito para a melhora do processo, mas estudos mostram que o controle da contaminação bacteriana, da corrosividade e do pH da solução, são pontos chaves para que se consiga preservar por mais tempo a vida útil do lubrificante.

O óleo solúvel para usinagem tem a função de lubrificar e refrigerar o processo, mas precisa possuir outra característica fundamental que é a de não causar corrosão. Apesar dos óleos solúveis conterem nas formulações aditivos antioxidantes e anticorrosivos, é fato que a corrosão pode ser induzida pela presença de microrganismos, em sua grande maioria por bactérias. Certas bactérias podem causar reações eletrolíticas no metal. Em uma solução do óleo solúvel para usinagem, essas reações podem causar corrosões na ferramenta de corte, no equipamento e até nas peças usinadas.

Uma solução com pH neutro permite um rápido desenvolvimento de bactérias, da mesma forma que um pH muito alcalino não é tão eficaz para inibir este crescimento. Se nada for feito, está formado um processo de deterioração do óleo solúvel para usinagem.

Como cuidar do Óleo Solúvel para Usinagem

O processo de deterioração do óleo solúvel para usinagem pode ser observado quando há a presença de um dos seguintes fatores:

  • Degradação da solução com a separação do óleo lubrificante;
  • Presença de forte odor (mau cheiro);
  • Queda do pH do óleo solúvel para usinagem;
  • Aumento expressivo da corrosão;
  • Acúmulo de filme bacteriano dentro sistema;
  • Redução do nível de componentes ativos do óleo solúvel para a usinagem, o que resulta em uma perda de lubricidade e rendimento.

Para evitar que os problemas acima ocorram devemos adotar os seguintes cuidados com a solução do óleo lubrificante para usinagem:

  • Manter concentração sempre dentro do especificado recomendado pelo fornecedor, manter limpo o local da operação:
  • Se necessário, realizar a adição de biocidas na solução do óleo solúvel para usinagem;
  • Fazer regularmente a troca dos filtros e limpeza dos tanques e tubulações.
  • Verificar possíveis vazamentos de óleo hidráulico:
  • Efetuar a remoção do tramp Oil;
  • Usar a diluição recomendada pelo fabricante do lubrificante, pois uma diluição muito grande do produto pode diminuir significativamente a resistência microbiológica do fluído.

Em resumo podemos dizer que grandes benefícios são obtidos para prolongar a vida útil do óleo solúvel para usinagem, quando feita a regular análise de concentração e pH da solução. A manutenção da sua estabilidade causa um reflexo na melhora da resistência microbiológica e como conseqüência, a melhora ou eliminação da corrosão dos metais.

Para mais informações sobre como preservar ou aumentar a vida útil do óleo solúvel para usinagem, você deve entrar em contato com CADIUM. Temos um corpo técnico altamente capacitado para tirar suas dúvidas ou indicar o melhor óleo de corte solúvel para o seu processo. Você sabia que a CADIUM possui uma completa linha de óleo solúvel para usinagem? Para conhecer, acesse o nosso site ou entre em contato com um de nossos colaboradores.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *