Usinagem por Fresamento: a importância do Fluído de Corte no processo

A indústria metalúrgica emprega o processo de usinagem por fresamento para criar engrenagens, estriados e coroas de comandos em peça metálicas, utilizando para isso um equipamento de corte em formato de caracol que é chamado de fresa. Dentes, estriados ou filetes são progressivamente cortados por esta ferramenta de corte em formado de caracol.

A máquina fresadora é um equipamento que permite movimentar a peça em um, dois, três ou mais eixos, podendo estes serem lineares ou giratórios, ao contrário do torno que executa serviços principalmente através de peças rotacionais. A operação de fresamento pode ser definida como um movimento das arestas cortantes em um sentido, somado ao movimento da peça a ser usinada. As máquinas fresadoras atuais podem realizar trabalhos em múltiplas direções, pois a peça usinada e a ferramenta de corte podem se mover em vários sentidos com comportamentos autônomos.

O fresamento é um processo muito versátil com muita eficiência na remoção de material e tem grande uso na produção de engrenagens.

Quais são os tipos de operações realizadas por uma fresadora?

As fresadoras podem ser classificadas de diversas formas como abaixo citamos:

  • De acordo com o Tipo de Avanço: Manual ou Automático;
  • De acordo com a Posição do Eixo-Árvore: Vertical, Horizontal, Universal, Triplex, Multiplex e Especiais;
  • Tipo de Estrutura: de oficina (maior flexibilidade) ou de produção (maior produtividade);
  • Quanto à aplicação: Chaveteira, Dentadora, Pantográfica, Convencional ou Copiadora.

No cotidiano os processos de fresamento são classificados de acordo com a operação que o equipamento realiza como o processo de fresamento de roscas, fresamento de topo, fresamento frontal, fresamento de engrenagens, fresamento de face, fresamento horizontal, fresamento inclinado, fresamento de molde, fresamento plano, fresamento radial, fresamento concordante, fresamento discordante, fresamento combinado, fresamento tangencial, fresamento no torno, entre outras denominações.

Qual a importância do uso do Lubrificante no Fresamento?

Há algumas operações de fresamento que podem ser realizadas sem o uso do óleo lubrificante para fresadora. No entanto, os óleos de corte ainda propiciam um aumento da vida útil da ferramenta em muitas operações de usinagem e este é o caso da operação de fresamento, notadamente em serviços de acabamento de aços duros e de metais com ligas de titânio.

Como a operação de fresamento é um processo de corte interrompido, onde os vincos da fresa realizam contatos regulares com a peça a ser usinada durante cada movimento rotativo, cria se então um ciclo de impacto, atrito e choque térmico, sendo que para a ferramenta de corte suportar tais condições é necessário o uso de um óleo lubrificante para fresadora.

Como funções importantes que o óleo para fresar deve desempenhar no processo de usinagem por fresamento destacamos:

  • O fluído para fresamento melhora o acabamento superficial;
  • Diminuir o desgaste da ferramenta de corte, prolongando a sua vida útil;
  • O óleo para fresa deve propiciar o aumento da velocidade de corte;
  • A remoção e expulsão do cavaco é uma das principais funções do óleo para fresadora;
  • A diminuição do atrito entre a ferramenta de corte e o cavaco é função do óleo de fresa;
  • Ser um bom refrigerante diminuindo o aquecimento gerado pelo atrito é o que se espera de um bom fluído de corte no fresamento;
  • Em altas velocidade de operação o fluído para fresamento não pode ter dificuldade em penetrar na interface entre o cavaco e a ferramenta de corte;
  • Um bom óleo para fresamento também deve proteger a ferramenta e o equipamento contra a oxidação.

Em resumo podemos dizer que as principais funções do óleo para fresa em um processo de usinagem por fresamento são quatros: a lubrificação, a refrigeração, a proteção e finalmente e limpeza.

Qual o tipo de Fluído de Corte que dever ser usado no processo de Fresamento?

Além do tipo de processo de usinagem a que o material será submetido, há outros três fatores que influenciam na escolha do óleo para fresar adequado para a lubrificação da fresadora que são: o material da peça, o material da ferramenta e a condição que usinagem será realizada.

Diante de tantas variáveis fica difícil indicar qual o melhor óleo para fresadora que deve ser utilizado. O que podemos dizer é que há varias opções para a realização deste serviço de lubrificação como o uso de um fluído de corte integral (isento de água), que pode ser de base mineral, sintética ou vegetal, e que apresentam uma excelente ação lubrificante, não são corrosivos e se mantem estáveis por longo período.

Há o fluído corte solúvel ou fluído de corte emulsionável, que também pode ser de base sintética, mineral ou vegetal. São fluídos que possuem um elevado desempenho como óleo refrigerante para usinagem, uma menor possibilidade de geração de vapores e de agressividade dérmica ao operador.

Onde encontrar o melhor Fluido de Corte para o Fresamento do Aço?

O melhor fluído de corte para o fresamento do aço poderá ser facilmente encontrado na CADIUM LUBRIFICANTE. Sim! A afirmação é verdadeira, pois com mais de 25 anos de atividade no marcado nacional com a produção de lubrificantes industriais e produtos para a manutenção de alta qualidade, podemos afirmar sem hesitar, que a CADIUM possui o óleo lubrificante para fresadora adequado para a sua operação. Entre em contato com a CADIUM para conhecer os nossos produtos. Aguardamos a sua consulta.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *