Óleo Anticorrosivo: quando deve ser utilizado?

A proteção temporária realizada em curto prazo com o uso de um protetivo anticorrosivo deve ser realizada quando uma peça metálica poderá ser exposta a alguma fonte de oxidação. Esta exposição normalmente ocorre durante as fases de armazenamento e transporte das peças metálicas, por isso o uso de um bom óleo anticorrosivo é necessário para evitar ação de oxidação.

Durante as fases interoperacionais de um processo de usinagem também ocorre uma grande aplicação do óleo antioxidante para a proteção das peças metálicas.

Durante o transporte as peças metálicas poderão ficar expostas as condições climáticas e a ação da maresia e o uso do óleo anticorrosivo forma uma película protetora sobre a superfície da peça. O grau de proteção a que estas peças deverão ser submetidas, dependerá da adversidade climática a que estas serão submetidas. Se s peças estarão sujeitas a chuvas, o fluido anticorrosivo deverá possuir uma maior proteção contra a oxidação. Para peças pequenas recomenda-se que estas sejam submersas no óleo anticorrosivo.

Saiba que na indústria metal mecânica, a maior perda de material tem como fator principal a oxidação dos metais, o que gera um grande prejuízo econômico pela necessidade do retrabalho, e financeiro pela perda de material. 

Um dos motivos para estas perdas é a manutenção incorreta, onde ou se é utilizado o óleo anticorrosivo, ou onde é utilizado um fluído antioxidante de qualidade duvidosa e ineficiente. Por esse motivo as grandes indústrias têm elevada preocupação com a proteção temporária de suas peças e adotam uma política preventiva de manutenção das superfícies das peças usinadas para evitar a corrosão.

Como escolher o melhor Óleo Protetivo Anticorrosivo?

O óleo protetivo anticorrosivo adequado para cada peça dependerá do tipo de proteção que se deseja, e podemos esperar de um bom óleo antioxidante que este tenha as seguintes características:

  • Para o óleo antioxidante que realize uma proteção temporária, a sua remoção deve ter facilitada;
  • Se for necessária uma proteção para longo prazo, dever ser aplicado na peça um fluído protetivo verniz, de difícil remoção, mas que garante a formação de uma película antioxidante mais resistente;
  • Que preferencialmente o óleo antioxidante não interfira no aspecto visual das peças;
  • Formar um filme extremamente fino, mas que seja resistente à vibração e a dilatação térmica;
  • O óleo antioxidante deve possuir uma viscosidade adequada que permita entrar em frestas e cavidades das peças.

Qual o tipo de Óleo Antioxidante está disponível no mercado?

Como mencionado, o tipo de proteção temporária a ser utilizado irá depender do tempo de proteção que se necessita e qual o tipo de proteção se deseja. Com fluído antioxidante, encontramos hoje no mercado os seguintes produtos:

  • Fluído anticorrosivo secativo: também chamado de óleo protetivo secativo ou de óleo protetivo secante, é formulado de tal forma que os solventes utilizados em sua composição evaporam após a aplicação, formando uma película fina resistente a alguns dias de proteção. Este tipo de óleo protetivo para peças usinadas geralmente é aplicado por imersão das peças em tanques;
  • Fluído anticorrosivo oleoso: as peças metálicas são mergulhadas no líquido antioxidante para metal ou é aplicado por aspersão, formando um filme protetivo fino oleoso que não interfere no aspecto visual das peças e apresenta fácil remoção. Para a obtenção de um bom resultado, o lubrificante protetivo oleoso deve ser utilizado em peças que estão limpas e isentas de água;
  • Fluído protetivo desaguante: conhecido por óleo protetivo a base de água ou óleo protetivo desaguante, são fluídos utilizados na proteção de motores, compressores, feixes de mola e peças que são submetidas ao transporte marítimo. O líquido protetivo antioxidante pode ser aplicado por imersão, pincel ou por spray e tem grande aplicação em ambientes ácidos e agressivos, onde há a necessidade da remoção da água proveniente de processos anteriores de decapagem.
  • Fluído protetivo ceroso: o óleo protetivo ceroso ou o óleo protetivo para metais ceroso é formulado com vaselina sólida industrial, graxas minerais, vegetais ou sintéticas tendo um aspecto semi-fluído e é muito empregado para a proteção de cabos, fios e correntes;
  • Fluído protetivo tixotrópico: forma uma película graxosa, que evita a colagem das peças usinadas. O óleo protetivo graxoso ou o óleo anticorrosivo graxoso contribui para a formação de uma película dura, que não se rompe caso ocorra à movimentação das partes em contato com o fluído anticorrosivo protetivo.

Podemos encontrar o óleo antioxidante sendo comercializado no mercado com várias denominações que abaixo destacamos:

  • Anticorrosivo lubrificante;
  • Óleo protetivo desaguante;
  • Óleo protetivo a base de água;
  • Óleo mineral protetivo;
  • Óleo protetivo sintético;
  • Óleo protetivo para moldes;
  • Óleo protetivo industrial
  • Óleo protetivo para peças usinadas
  • Óleo protetivo contra a ferrugem;
  • Óleo protetivo para metais;
  • Óleo protetivo para aço;
  • Óleo protetivo vegetal.

Onde comprar o Óleo Anticorrosivo e protetivo da oxidação em metais?

Você quer saber qual é a melhor forma de proteger o seu equipamento ou sua peça usinada contra oxidação? Você precisa saber qual é o melhor óleo anticorrosivo para atender a sua necessidade? Entre em contato com a CADIUM LUBRIFICANTES, pois temos uma equipe técnica capacitada para indicar o melhor óleo anticorrosivo para a sua aplicação e uma equipe comercial que fornecerá o preço mais competitivo do mercado. A CADIUM LUBRIFICANTES também possui uma linha completa de lubrificantes industriais. Aguardamos a sua consulta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *