Qual a importância de se usar um bom Óleo para Serra de Fita?

As serras de fita são máquinas versáteis, perfeitas para realizar diferentes tipos de corte em diversos tipos de materiais, desde metal, alumínio, polímeros, ligas ferrosas e não-ferrosas, até madeira. Para poder executar suas funções de maneira correta, esses equipamentos precisam de manutenção constante e do uso correto de óleo para serra de fita. Quer saber mais sobre esse lubrificante? Então leia o artigo!

Como funcionam as serras de fita?

Essas máquinas são compostas dois volantes que, por rotação, giram continuamente uma lâmina com dentes, responsável pelo corte de materiais (a serra de fita). Composta de serra em aço e dentes de precisão, esses dispositivos estruturam-se com partes e peças que garantem a segurança do trabalhador e a eficiência nos cortes.

As principais peças de uma serra fita são, basicamente, base robusta e compacta, cabeçote inclinado, guias da lâmina com rolamento de entrada, placas de metal duro, proteção contra sobrecarga elétrica e motor de alto torque.

De aparência e funcionamento simples, as serras de fita são, na verdade, instrumentos complexos que, quando utilizados de forma incorreta, podem causar enormes prejuízos em um processo.

Qual a importância da lubrificação com óleo para serra de fita?

A emulsão de refrigeração (óleo para serra de fita) garante a refrigeração da serra, a correta evacuação dos resíduos e previne a oxidação do material cortado. Além disso, o uso adequado desse lubrificante para serra de fita preserva as ferramentas de corte e o maquinário como um todo.

A lubrificação com o óleo para serra elétrica ou óleo para serra de alumínio não é algo superficial como alguns pensam, pelo contrário, é fator fundamental para que a serra fita corte sem rebarbas e proporcione o máximo desempenho. A qualidade do trabalho final depende e muito da correta aplicação de óleo para serra fita de procedência e boa performance.

Quais os problemas que podem ocorrer sem a devida lubrificação com óleo para serra fita?

O mau uso do fluído de corte (óleo solúvel para serra fita) pode causar problemas à serra, além de dificuldades relacionadas ao cavaco, que podem incrustar na ponta dos dentes ou preencher as gargantas.

Deve-se sempre utilizar óleo para serra de fita para refrigeração de corte indicado pelo fabricante das máquinas operatrizes. Existe uma grande variedade desses lubrificantes de corte, que podem ser vegetais, sintéticos ou semissintéticos.

Contudo, a escolha de um óleo para serra de fita é de responsabilidade da empresa operadora da máquina, conforme o tipo de material que será cortado, o ambiente, as condições de uso, as normas ambientais, etc. Ademais, o produto deve ser manuseado por pessoa qualificada.

Como adquirir um óleo para serra de fita ideal para minha operação?

Você pode contar com a Cadium, que fornece todo tipo de óleo para serra de fita e usinagem em geral, proporcionando o máximo em corte e qualidade. São produtos de referência como o óleo para o corte de alumínio integral, o óleo para o corte de aço carbono e óleo de corte para aço inox.

Todos esses lubrificantes, refrigeram a serra fita muito mais que fluídos de corte comuns, ampliando a vida útil da ferramenta e aumentando a quantidade de cortes X afiação.

Os óleos para serra de fita da Cadium também auxiliam a máquina no processo do corte, pois evitam forçar o motor, dando ainda mais vida útil aos equipamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *