O que é Laminação de Rosca e qual a importância do Lubrificante para Rosca no processo?

O que é laminação de rosca?

É um processo de fabricação de roscas, onde a laminação cria um encruamento, uma rugosidade na superfície do material aumentando a sua dureza superficial com a conseqüente melhora da resistência do produto final. Em uma forma simplista podemos dizer que a laminação de rosca é um processo de imprimir rosca ou parafuso em um material metálico, ao invés de cortá-lo.

A laminação de roscas é uma operação em que uma peça metálica é submetida à pressão causada por rolos ou pentes planos. Há dois processos para a obtenção de roscas: o com remoção de cavaco (usinagem) e o por conformação mecânica (laminação).

O que diferencia a rosca usinada das roscas convencionais, é que na rosca usinada o filete obtido no processo é gerado através da retirada do metal através do uso de ferramentas de corte e o desgaste pelo uso da ferramenta pode gerar roscas fora do especificado. Já as roscas convencionais obtidas no processo de laminação o material é compactado pelos rolos, o que gera um melhor acabamento superficial, diminuindo o atrito da rosca no momento de aplicar o torque. Mas o processo de laminação de rosca também pode gerar falhas de fabricação, como a imperfeição da formação dos filetes, ou a formação de filetes duplos, notadamente quando há uma deficiência no uso do lubrificante de rosca no processo.

No processo de laminação de rosca, o material bruto não é formado, ele é rodado a uma velocidade controlada, enquanto a ferramenta em formato de rosca é pressionada sob alta pressão conta o material. Esta pressão faz com que seja formado ou impresso uma rosca na superfície material bruto. Este processo é menos dispendioso que os processos de usinagem por corte, e produz produtos finais mais rígidos.

Qual a importância do óleo para fazer rosca no processo de laminação de rosca?

A importância do óleo para fazer rosca no processo de laminação de rosca é justificada por os rolos trabalharem com uma pressão elevada e operando em baixas velocidades circunferenciais, o que exige uma lubrificação constante para que se consiga obter roscas de precisão

Um sintoma de uma lubrificação de rosca insuficiente do óleo de corte para rosqueadeira no processo de laminação pode ser o aparecimento de rangidos repentinos. Isso pode significar um sinal de desgaste dos rolamentos, das guias ou dos fusos, gerando um movimento irregular entre as peças e podendo ocasionar até a microssoldadura ou a soldadura a frio.

Para evitar que isso ocorra, um produto tem que ser adicionado para diminuir as forças de atrito e de fricção entre os corpos metálicos, e buscando se a obtenção de tal resultado, o uso do óleo de corte para rosca é de extrema importância para o processo. O fluído de corte para rosca forma um filme deslizante entre os dois corpos, aumentado a pressão hidrodinâmica que normalmente atua na superfície e assim contribui para reduzir o atrito entre os corpos sólidos. É importante que o óleo para rosca e corte apresente elevada resistência à água e proporcione uma elevada proteção anticorrosiva.

Cabe informar que o movimento do processo de laminação, perpendicular ao movimento de fricção, acaba contribuindo para a retenção do lubrificante para rosca no contato de fricção, e conseqüentemente diminuindo o atrito entre as peças.

Para a obtenção da rosca perfeita é fundamental que antes da aplicação do óleo para rosqueadeira seja realizada a limpeza das superfícies das peças metálicas, e um desengraxante atóxico é o produto indicado para este serviço.

Apesar do processo de laminação de roscas ser feito a frio, quando da formação dos fios de rosca impressos onde o metal é pressionado até que se atinja a profundidade desejada, há um grande atrito com a geração de muito calor. Para minimizar este problema o uso do fluido para fazer rosca é necessário para que não ocorra o enfraquecimento da peça metálica.

Um grande ponto favorável do processo de laminação de rosca é a não geração de limalhas ou aparas, o que gera um ambiente de trabalho mais limpo, reduzindo os riscos de acidentes provocados pelas pontas afiadas do metal cortado, como ocorre no processo de usinagem.

Quais as características desejáveis em um bom óleo laminador de rosca?

Para auxiliar a laminação de rosca em um processo produtivo, um bom óleo laminador de rosca deve possuir as seguintes características:

  • Possuir um bom poder refrigerante;
  • O óleo rosca corte deve propiciar o aumento da vida útil da ferramenta;
  • Gerar uma boa lubricidade e a máxima lubrificação em operações pesadas;
  • Fornecer um ótimo acabamento da peça;
  • Para evitar o aparecimento de micro solduras o fluido de rosca deve possuir uma característica de antifricção;
  • Devido às exigências de segurança do trabalho o óleo para rosquear deve ser um produto que não agrida o operador e nem cause dermatites;
  • O óleo para laminação de rosca também deve possuir um baixo impacto ambiental.

Saiba que a CADIUM LUBRIFICANTES possui uma diversificada linha de lubrificantes industriais. Temos em linha o  óleo integral para rosqueadeira, o óleo de corte mineral, o óleo de corte sintético além do óleo de corte vegetal, lubrificante formulados para o atendimento das mais severas operações e exigências ambientais, inclusive comercializamos um lubrificante para roscas expostas a altas temperaturas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *